Fundo_Site_OKU_V cópia.png

CLÁUDIO OSÓRIOHEAD OF EXPERIENCE DESIGN & PARTNER

TIAGO CARLOSMANAGING PARTNER

WhatsApp Image 2021-01-27 at 14.40.11.jp

PERCURSO ACADÉMICO

Licenciado em Geografia pelo Instituto de Gestão e Ordenamento do Território, (anteriormente Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa).

Posteriormente fiz um Executive Master na área de Retail Managment: Visual Merchandising e Store Design parceria IPAM (Instituto Português de Administração e Marketing) e IADE (Instituto de Artes de Design de Lisboa).

Formador Certificado pelo IEFP (Instituto de Emprego e Formação Profissional) em Portugal com equivalência pelo CENFFOR (Centro Nacional de Formação de Formadores) em Angola.

CIT numa Certificação Internacional em Coaching em programa ACTP pela ICF (International Coach Federation).

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Iniciei o meu percurso profissional muito jovem em cadeias de Fashion Retail, enquanto estudante universitário na Licenciatura em Geografia. Fiz carreira de mais uma década na C&A, multinacional de fast fashion com mais de 180 anos de história. 

Na C&A passei por diversas funções como Floor Manager, Store Assistant Manager até chegar à direcção de lojas. Fiz parte da equipa de montagem e abertura de novas lojas fazendo tutoria e dando formação às minhas equipas.

Em 2017 abracei um novo desafio e mudei-me para Angola. Na Top Brands Angola tinha à minha responsabilidade a gestão de operações de variadíssimas marcas de moda internacionais em Angola, chegando a 2019/20 a cerca de 40 lojas com aproximadamente 300 colaboradores.

Por ser um Retail Lover, apaixonado pela gestão e desenvolvimento de pessoas e pela experiência do consumidor, em 2020 tomei a decisão de empreender e co-fundar a OKU HUMAN como Managing Partner com o meu sócio Cláudio Osório. Paralelamente sou Formador Comportamental e Coach profissional de Executivos, Gestores e Empreendedores.

WhatsApp Image 2021-01-27 at 14.40.11 (1
Fundo_Site_OKU_Orange_V cópia.png

LEMA DE VIDA

“Sê a mudança que queres ver no mundo” (Gandhi).

Qualquer processo de mudança deve começar em nós próprios, assente na nossa própria vontade de mudar, operacionalizado em acções que dependam exclusivamente de nós, com a relevância necessária para provocar as transformações que queremos ver nas nossas vidas e no mundo.